A vida não é um longo feriado

14 de set de 2009

A vantagem do blog é que você escreve o que sente, quando sente, não precisa ficar analisando se o público alvo se ofenderá ou não, não precisa preocupar com a crítica muito menos em fazer sentido, você só escreve e pronto.
É por isso que hoje eu vou escrever sobre o amor, não o amor de mãe ou de pai, muito menos o amor/paixão que sentimos pelos namorados e afins. Quero falar sobre o amor que supera todo entendimento. O amor que excede limites incondicionais, o amor que não existe no ter e receber, mas sim no dar.
Muitos esquecemos que a mensagem de amor de um homem está na maneira como vive sua vida, e não nas palavras que diz. O amor não é um momento de entusiasmo. O amor é uma rica, forte e generosa expressão de nossas vidas - a personalidade do homem em seu mais completo desenvolvimento.
Todo homem e toda mulher, em todos os dias e lugares de suas vidas, têm sempre uma boa oportunidade de demonstrar amor.
Certa vez, um mendigo olhou minha estrela de Davi (tatuada no ombro esquerdo) e disse:
- Essa estrela ainda vai brilhar muito e você também vai.
Eu desabei...ouvi exatamente o que precisava ouvir naquele dia, e a palavra veio de um mero morador de rua, muito mais desprovido de condições do que eu e você. Tudo porque ele vive o amor. Eu entendi com isso que, a vida não é um longo feriado mas um constante aprendizado. Posso dizer que as pessoas que mais nos influenciam e nos tocam, são aquelas que acreditam em nós. Aquele morador de rua sem ao menos me conhecer acreditou em mim, e por isso, ele será para sempre lembrado.
Amar quem nos ama é fácil, desafiador é amar quem nos despreza.
Deixo os atributos que acredito compor o amor, reflita:

Paciência, bondade, generosidade, humildade, delicadeza, entrega, tolerância, inocência, sinceridade. ◦
Share/Bookmark

4 comentários:

Renan Barreto disse... Responder

Dayane... Eu nem sei o que dizer... A vida é realmente um eterno aprendizado... digo eterno não porque não acabará, mas porque não sei quando acabará. Bem, eu sou como você. Prefiro ser lembrado pelas boas ações e por dar e não receber apenas. Sinto que as pessoas estão precisando mais disso, de deixarem de ser egoístas. Quero ser lembrado pelas minhas mirabolantes ideias e minha conduta íntegras assim como vc. Ah! Agora que li seu blog... posso te garantir que sai com mais uma ideia na cabeça... Ideias não são maçãs, certo?

Bjo!!!


Valeu!!!!

Leandro Correa disse... Responder

É sempre bom saber que as pessoas acreditam em você, eu mesmo sempre fui incentivado por um amigo, adulto, que sempre gostou do que escrevi. Ele era jornalista e morava no meu condomínio, mas infelismente ele se foi, por causa de um cancer. Mas eu sempre vou lembrar dele.

Cara, gostei daqui.
É objetivo.

Um abração!

Juliana Migliorati disse... Responder

Tem selinho p/ vc lá no meu diário
http://www.enfermagemdiario.blogspot.com/
Beijinhos.

Juliana Migliorati disse... Responder

Meu bem linda sua historia é assim msm as pessoas que nos estendem a mão são sempre lembradas com carinho, não estou sumida só to com virose kkkkk... E meu bb meio adoentado, mais logo passa, e vc e o maridão estão bem?
Espero que tenha gostado do selinho muitos beijinhos e até breve!

Postar um comentário