Centelha Divina

21 de abr de 2010

vencedor-menino-do-rio Eu sei o quanto sou quanto sou especial, sei que não devo ficar menosprezando e simplesmente preciso confiar mais em em mim mesma. As vezes penso que possuo respostas que filósofos demoraram anos para conseguir, olho para o espelho e vejo o quão bonita  sou e quão perfeita é minha saúde. Eu sou realizada de várias formas e tenho apenas 24 anos. As vezes, devido ao oportuno da vida, pessoas comuns, vivendo 80 anos, não conseguem encontrar as respostas que eu carrego dentro de mim. Eu preciso enxergar meus sonhos mesmo que eu não possa vê-los, como sempre fiz.
Nada, nunca foi fácil e talvez nunca será, o sabor da vitória é tão mais gostoso depois de uma árdua batalha, e a vista da montanha fica esplendorosa se chegarmos até ela caminhando.
Eu simplesmente preciso acreditar mais em minhas próprias palavras, e viver a filosofia de vida que tanto prezo. Essa “fórmula” que eu ensino as pessoas ao meu redor funciona sim em mim! Afinal, eu sou uma dos 6 bilhões e 500 milhões de habitantes do planeta e 99,9% dos meus genes são iguais aos dos outros humanos. A diferença está no 0,1% restante: um nucleotídeo em cada mil. Dado isso assumo que, não somos tão diferentes quanto imaginamos ser.
Exigir menos, cobrar menos, sofrer menos, são coisas que preciso fazer por mim. Não posso deixar que um fator ruim tenha mais peso e impacto do que todos os fatores bons.
Um vencedor não é reconhecido pelo 10 que tira numa prova qualquer, de uma matéria qualquer. Da mesma forma, o perdedor não é reconhecido por ter tirado nota 3.0. O que realmente nos difere é como enxergamos a vida e a quantidade de força que possuímos para levantar após os tombos. Posso imaginar o barbudinho falando:

“O campo da derrota não está povoado de fracassos, mas de homens que tombaram antes de vencer.”
Abraham Lincoln

Não serei mais uma a desistir no caminho perante qualquer adversidade que me afronta. Todos nascemos com a centelha divina com capacidade de superar tudo. A única coisa que pode me limitar é o tamanho dos meus sonhos.

PS: Eu não vou desistir. A Terra é a estrada de meus pés. ◦
Share/Bookmark

5 comentários:

Robson disse... Responder

Sempre que posso e preciso me refugio em suas postagens...
Encontro palavras que quero e que não quero encontrar...
mas palavras que sempre me confortam e me abrem os olhos...
palavras que enriquecem minha mente, coração e espírito...
pode até parecer que não... mas muito do que sou...
sou pelo que tu me ajuda a ser...
aconselhando... brincando... e me mostrando o amor do Senhor...

Obrigado Day...
adoro***
bjOo

Robson

Rafaela Costa disse... Responder

Oi,
Adorei conhecer seu blog.
te seguindo pra saber de tudo q rola por aki.

Bjs,
Rafaela

Bruna disse... Responder

Como escreve bem ... impressionante!!

Beijos

Bruna

weslleywf disse... Responder

eu ainda não consigo escolher qual das suas postagens é a melhor, pois sempre que preciso ler algo bom venho até aqui e sei que vou encontrar.
quero um dia poder escrever assim.Muito bom. parabens.

Anônimo disse... Responder

me deu uma sacudida, avida é assim

Postar um comentário