Aqui e agora

24 de fev de 2011

É verdade. Não podemos mudar o passado, mas podemos compreendê-lo a partir de uma nova ótica, de maneira que os fatos presentes ressignifiquem os fatos passados, modificando assim, o presente de modo que o futuro volte a ser o que sempre foi – Incerto e impreciso.

Portanto, a única importância é o aqui, é o agora.

DM ◦
Share/Bookmark

0 comentários:

Postar um comentário